Técnicas Integradas de Previsão

Como integrar trânsitos, progressões secundárias, arcos solares e direções primárias para prognósticos em cartas pessoais?

Provavelmente você já utiliza trânsitos para traçar um roteiro das crises e das oportunidades da sua vida – ou de seus clientes. Já dominou a técnica das progressões secundárias. Já entendeu para que servem os arcos solares. E até já arriscou algumas interpretações utilizando as antiquíssimas direções primárias. O desafio agora é: como juntar todas estas técnicas de forma a obter previsões que não pareçam um labirinto de alternativas contraditórias?

O enfoque

Técnicas Integradas de Previsão é um curso para quem conhece duas ou mais ferramentas de prognóstico mas ainda tem dificuldades para sintetizá-las. O objetivo é dar a você uma metodologia segura de análise. Para isso, utilizaremos a metáfora dos vários planos fotográficos. Imagine que você quer ter uma ideia de como seria a experiência de patinar no gelo no Central Park, em Nova York. Será que esta foto é adequada?

Ou que tal esta outra foto?

Na verdade, as duas imagens são úteis. A primeira permite uma visão geral da atividade situada em seu contexto: a paisagem, as condições climáticas, o tamanho da pista, a quantidade de gente que costuma frequentá-la. Mas, se o seu interesse é ter uma noção do modelo de patins que as pessoas utilizam por lá, a segunda foto é muito mais interessante!

Em outras palavras: tal como nas fotos, cada técnica de previsão tem uma finalidade diferente. Algumas permitem uma aproximação em detalhes de determinados períodos de vida, dando condições para prognósticos mais precisos. Outras, por sua vez, mostram apenas um quadro amplo, que permite avaliar melhor o significado geral da situação, mas onde os detalhes são mais difíceis de enxergar.

O que vamos estudar

  • Os grandes marcos na paisagem – Alguns recursos de previsão permitem identificar os momentos de vida realmente importantes. É por eles que vamos começar.
  • O desenho da linha de vida – Já localizou os momentos de grandes mudanças? E o que acontece entre um e outro? Chegou a hora de sinalizar o caminho com placas indicativas!
  • As técnicas de zoom – Algumas ferramentas funcionam como lentes de aumento sobre períodos curtos, permitindo previsões bastante detalhadas e precisas. Vamos conhecê-las.
  • Hora de organizar – Como estruturar e hierarquizar as informações decorrentes de várias técnicas.
  • Hora de dar sentido à consulta – Como apresentar as previsões para clientes sem soterrá-los sob uma avalanche de informações.

Ao longo do curso os princípios de interpretação serão exemplificados através de estudos de casos reais. Você também contará com material de leitura adicional, fórum de discussão e exercícios para praticar o seu conhecimento.

O instrutor

Fernando FernandseFernando Fernandse é astrólogo, editor do site Constelar e fundador da Escola Astroletiva. Professor de Astrologia há 35 anos, utiliza uma metodologia dinâmica, coparticipativa e voltada para o desenvolvimento de competências práticas.


Início da próxima turma: 2022

Veja no Calendário de cursos de Astroletiva toda a programação de cursos de 2021.

Quer receber em primeira mão o lembrete de abertura de inscrições? Deixe seu email aqui, na Lista de Alerta.

Datas, metodologia e investimento

O curso ocorre forma totalmente online e inclui:

  • Quatro videoconferências por aplicativo Zoom, das 19h30 às 21h30, sempre às terças-feiras: 8/6, 15/6, 22/6 e 29/6.
  • Acesso às gravações em vídeo, disponíveis no ambiente do curso um a dois dias após cada aula.
  • Extenso material didático: um inteiro website em plataforma Moodle, com textos, imagens, arquivos PDF, mapas, exercícios e fórum de discussão.
  • Acesso ao ambiente virtual por cinco meses a contar da data de início.
  • Avaliação final e emissão de Certificado.

Início: Terça, 8 de junho

Investimento: R$ 389,00 – Clique no botão abaixo para pagar com cartão ou boleto.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Se você vive em outro país, utilize o formulário de contato para solicitar a emissão de cobrança em dólares ou euros, via PayPal.